Minha filha me consolou…

Na véspera do dia das mães eu acordei um tanto triste… O dia anterior não tinha sido fácil com a Manuela (gemelar II) vinha se alimentando mal. E isso me deixa arrasada já que ela tem uma anemia séria.

Todo dia entre as 5 as 8h, dou as mamadeiras das minhas bebês. Então peguei a Manuela para mamar. Quando comecei a dar a mamadeira comecei a fazer uma retrospectiva do Dia das Mães do ano anterior o qual as minhas bebês haviam nascido.

Eu estava no quarto do hospital com a Gabi que acabara de receber alta da UTIN. As idênticas, Manu e Rafa continuavam na UTIN, já que ainda requeriam cuidados importantes sobre a saúde.

A tarde fui visitá-las e deixar leite. Ainda estavam ingerindo leite através da sonda, mas para a minha surpresa foi liberado neste dia, DIA DAS MÃES, todas as mamães oferecerem a mama para os bebês… Gente que momento lindo… Uma grande surpresa!!!

Todas mamães que ali estavam puderam viver a felicidade de sentir seu bebê se alimentando do seu leite, não pela sonda, não por uma mamadeira, mas por um gesto infinito de amor…

A amamentação não é tão somente o ato de oferecer o leite materno, mas sobretudo, a entrega, o cuidado, o zelo, o amor, o toque, o afago, olho no olho, e isso vivi com minha filha Manuela, no Dia das Mães na UTIN em 2015. Foi realmente um grande presente que Papai do Céu e os médicos nos preparam…

Naquele dia eu não poderia receber melhor presente a não ser ter em meus braços um das minhas bebes mamando tão lindamente, mesmo que com dificuldades, mesmo sem ainda a habilidade de sucção, já que nascera prematura.

As lembranças eram tantas que não consegui segurar a minha emoção, e assim voltei para o momento que eu ali estava dando a mamadeira, e chorei, chorei, sim chorei muito no colo da minha filha… E assim, quando a coloquei em meus ombros senti seus bracinhos mais apertados me envolvendo, me cobrindo de amor… Me senti protegida, olhe que ironia do destino… Protegida pela minha filha…

Minha filha Manuela

Com aquele sorrisinho mais lindo do mundo, me olhou como se quisesse me dizer: – mamãe estou aqui, não chore…

Seus cachinhos que estão cada dia maiores, encostando no meu rosto, senti seu cheirinho e naquele momento, pensei, meu Deus, aqui estou com o meu anjo… Seu anjo… Manuela, enviada por ti.

E aí me dei conta do quanto sou abençoada, E que tudo passou!!!!

nu1

Eu poderia estar ali consolando a minha filha, mas o contrário, ela me consolou!!!

Assim, pude ver que tudo passa e as melhores lembranças são as que ficam! Ficam pra nos mostrar o quanto somos fortes, e podemos ir além!

Agradeci imensamente os meus Presentes de Dia das Mães, Presentes pra Vida Toda.

Só hoje consegui escrever esse post, já que a emoção não me deixava formar o texto e tão pouco terminar…

Quando penso que Sou Mãe, não acredito que Deus me deu tamanha missão, já que ser Mãe é uma Dádiva Divina. Obrigada Senhor por confiar em mim!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o nosso Guia de Materniade aqui. Nosso presente para você mamãe!

Insira seu e-mail para ter acesso imediato ao ebook!

Seu e-mail não será utilizado sem sua autorização.

Nascimento das minhas Trigêmeas

Nascimento

No retorno da nossa Lua de Mel, demos início a FERTILIZAÇÃO IN VITRO, a qual foi SUCESSO NA PRIMEIRA...

Introdução Alimentar das Trigêmeas

Introdução Alimentar

Olá mamãe!!! Hoje vou falar sobre uma grande dificuldade que eu tive e que a maioria das mamães passam...

Controle Diário de Atividades para Múltiplos

Controle Diário de Atividades para Múltiplos

Me perguntam como eu sabia quem havia mamado, evacuado, ou tomado remédio nos primeiros meses de vida das bebês,...