Alimentos que podem causar alergias

Resolvi criar esse post, porque realmente vi a necessidade em alertar as mamães sobre esse assunto, já que por muito tempo vi uma das minhas filhas ter várias diarreias com assaduras terríveis e brotoejas. Dava muita dó!

Eu não sabia de fato o que ocasionava as diarreias, já que o leite não era, pois as diarreias eram bem esporádicas. Damos o mesmo leite há muito tempo.

Comecei a dar alimentos com muita cautela e verificando cada evacuação. Sempre apresento um novo alimento por vez, já que elas só tem 1 ano e 2 meses.

Aí me lembrei que todas as diarreias nos últimos tempos eu havia dado manga pra elas.

Daí também lembrei-me que havia comido couve flor. Nossa que dúvida!

Fui ler na internet sobre alimentos que podem causar alergias. E aí vi que a couve flor está na lista dos menos alergênicos e a manga nos MAIS.

Nossa, dei tanto tempo manga pra ela!!!!

Nunca pude imaginar que manga poderia causar alergia, já que nunca ouvi falar de ninguém, nem pediatras e nem mães que manga poderia causar alergia!

Então, pra tirar a prova, essa semana fiz o teste.

Coitadinha dela, mas tive que tirar a prova!

Dei manga num dia que não havia nenhum outro alimento que poderia causar alergias e que de costume sempre se alimentou.

Resumo: DIARRÉIA daquelas!!!!

A manga entrou pra listra negra da Gabi aqui em casa.

Diversos alimentos podem provocar algum tipo de reação alérgica, onde as reações mais comuns são: urticária, inchaço nas pálpebras e lábios, coceira nos olhos, dores de estômago, diarréia, vômitos, tosse e até mesmo dificuldade de respirar.

Frutas que podem dar alergias

Vejam os alimentos alergênicos, os que mais nos expõem ao serem consumidos são: soja (não pode ser consumida com menos de um ano de idade), ovo (bebês abaixo de um ano somente consumir a gema), peixe, alguns cereais e o leite bovino (só pode ser consumido acima de um ano), e o trigo.

Os muito alergênicos estão algumas frutas (abacaxi, banana, coco, laranja, maçã, manga, morango e pêssego), vegetais como alho, cebola, ervilha, lentilha e tomate, alguns cereais e oleaginosas (aveia, amendoim, avelã, castanha do Pará e nozes). Proteínas de origem animal estão também nesta categoria como o camarão, carne de porco, moluscos, ovos e peixes. Açúcares como cana de açúcar, seus derivados e o chocolate tem grande potencial alergênico. E para finalizar este grupo estão a canela e os corantes sintéticos.

Os frequentemente desenvolvem alergias: abacate, framboesa, melão, pêssego, abricó, acelga, alface, agrião, aipo, berinjela, couve, cebolinha, cenoura, pepino, pimentão, pinhão, amêndoas, arroz, batata doce, batata inglesa, castanha de caju, centeio, cevada, gergelim, milho, trigo, carne bovina, feijão, grão de bico, soja, óleo de algodão, de linhaça e de girassol, azeitona, cravo, mostarda e noz moscada.

Os alimentos que são raramente alergênicos estão as frutas como: ameixa, amora, banana cozida, caqui, figo, fruta do conde, guaraná, goiaba, jabuticaba, limão, maçã cozida, mamão, melancia, pêra e tâmara.

Com menor teor alergênico, a abóbora, alcachofra, aspargo, chicória, chuchu, couve flor, espinafre, palmito, quiabo, rabanete, repolho e salsão cozido. Cereais e tubérculos tipo beterraba, cará, sagu e proteína animal como carne de carneiro, carne de coelho, frango e peru também estão neste time, junto com os óleos de oliva e milho.

Os alimentos classificados como não alergênicos são a carambola, damasco, jaca, maracujá, pitanga, romã, tamarindo, abobrinha, alcaparra, almeirão, brócolis, cenoura cozida, gengibre, tapioca, azeite de dendê, anis, coentro, louro, manjericão, salsa, gelatina e açúcar refinado.

Se caso vc perceba alguma alteração no seu bebê fique em alerta e procure o pediatra.

Espero que tenha ajudado!!!

Um super beijo!!!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o nosso Guia de Materniade aqui. Nosso presente para você mamãe!

Insira seu e-mail para ter acesso imediato ao ebook!

Seu e-mail não será utilizado sem sua autorização.

Nascimento das minhas Trigêmeas

Nascimento

No retorno da nossa Lua de Mel, demos início a FERTILIZAÇÃO IN VITRO, a qual foi SUCESSO NA PRIMEIRA...

Introdução Alimentar das Trigêmeas

Introdução Alimentar

Olá mamãe!!! Hoje vou falar sobre uma grande dificuldade que eu tive e que a maioria das mamães passam...

Controle Diário de Atividades para Múltiplos

Controle Diário de Atividades para Múltiplos

Me perguntam como eu sabia quem havia mamado, evacuado, ou tomado remédio nos primeiros meses de vida das bebês,...